iinspiradas

sexta-feira, 14 de julho de 2017

Alongamento de unhas, vale a pena?

às
Se tem algo que eu gosto é de sempre estar com as unhas bem-feitas. Não sei exatamente porque, mas parece que quando não estou com a unha feita “me falta um pedaço”. Quando parei de trabalhar para ficar exclusivamente com os ninos em casa, eu cortei muitos gastos, pois a situação financeira apertou muito e vamos cortando tudo o que podemos, não é?



Durante todo esse tempo, fui me virando sozinha em casa mesmo, fazendo as minhas unhas como eu conseguia e admito, não sou tão ruim nisso não... rsrsrs. Mas a minha maior dificuldade é manter as unhas num comprimento bonito e sem esmalte lascado (quem me conhece sabe, tenho horror a esmalte lascado... rsrsrsrs), pois estando em casa os afazeres domésticos detonam as unhas e eu não tenho o hábito de usar luvas no dia a dia.

Chegou um ponto que eu estava triste e com baixa autoestima, afinal, eu trabalhava fora todos os dias, e sempre ia bem maquiada, roupa bonita e unhas impecáveis, e agora estava em casa usando roupas confortáveis, cabelo sempre preso e não tinha jeito das minhas unhas ficarem como eu gostava. Pode parecer bobagem, mas as unhas eram o que mais me incomodava.

Até que um dia, tínhamos um evento social para ir, e eu decidi que iria fazer a unha na manicure, me daria esse presente. Como eu já conhecia sobre o alongamento de unhas decidi fazer, pois as minhas estavam super curtas e mal cuidadas. E posso dizer que foi uma das melhores decisões que tomei, pois me senti bem comigo e isso me ajudou a melhorar a minha autoestima.

Mas vamos falar sobre esse procedimento, eu fiz o alongamento em acrílico, porém existem muitos tipos, como alongamento em fibra de vidro, em gel, com tips e assim vai, são vários materiais e cada um com uma técnica específica, e quem pode lhe indicar qual é o melhor tipo para o que você procura é a profissional que está lhe atendendo.

O que eu procurava? Unhas compridas, com acabamento o mais natural possível e com ótima durabilidade, afinal é uma mãe e dona de casa em tempo integral que está fazendo, não é? Mas já li e escutei muitas coisas negativas sobre o alongamento de unhas, que irá enfraquecer, quebrar, que depois que retirar as unhas estarão mega danificadas. Então como decidir fazer ou não? Acho que a resposta está exclusivamente na profissional que você escolher, pois se realmente não for feito com o cuidado necessário e com bons produtos o resultado pode ser mesmo desastroso.

Para fazer as minhas unhas eu procurei a Dilheri, da Esmalteria Curitiba (Curitiba – PR), e antes de tudo fizemos uma avaliação se teríamos como fazer ou não, pois para fazer o alongamento as unhas devem estar saudáveis, elas podem até estarem fracas ou quebradiças, mas devem estar sem machucados ou micoses por exemplo.

O procedimento é demorado, cerca de duas horas, então tem que tirar esse tempo e saber que não tem como acelerar o processo. Primeiro ela faz a cutícula da unha, porém sem “afundar” muito, pois na hora que o acrílico é lixado, se a cutícula estiver muito sensível podemos sentir um pouco de dor ou desconforto, então ela toma o maior cuidado nessa hora. Depois ela dá uma leve lixada por cima da unha, bem superficialmente mesmo, sem danificar (aí é um ponto onde várias profissionais sem as devidas qualificações pecam, lixam demais o que acaba danificando mesmo a unha), na sequencia ela passa um primer e começa o processo de alongamento, que é feito em cima de toda a unha existente e pode ser feito no comprimento que quiser, eu optei por um comprimento médio. Depois do acrílico seco, é lixado por cima para nivelar e dar acabamento no produto, e depois de tudo lixado é passado um top coat que sela e dá brilho. Não parece ser muito complicado, não é? Mas as aparências enganam e é necessária muita técnica para ficar com uma aparência bonita e bem feito. Outro ponto que vale comentar é que os produtos utilizados nessas técnicas são caros – assim como os cursos necessários – então realmente não tem como uma profissional cobrar muito abaixo do valor médio do mercado, e isso pode ser um indicador se pode ou não confiar na qualidade do procedimento.

A durabilidade na unha é em média 20 dias, quando é indicado fazer a manutenção, eu porem estou indo a cada 30 dias, e elas ficam inteiras e bem coladas até esse período. Mas vai muito da velocidade do crescimento da unha de cada um, pois é na base da unha que percebemos que fica “faltando material” e também o comprimento vai aumentando durante o mês né? O que pode ser incomodo já que para diminuir o tamanho somente com ferramentas adequadas, não tem como cortarmos com os cortadores normais que temos em casa.

Uma coisa que eu gosto muito é que fazendo a esmaltação normal depois do alongamento o esmalte não sai e nem lasca as pontinhas – para quem gosta das famosas francesinhas é ótimo – mesmo em mim que tenho na rotina de casa, lavar roupas e louças, cozinhar, limpar a casa e tantas outras tarefas que fazemos no dia a dia do lar as unhas estão sempre bonitas. E também, o alongamento ajudou as minhas unhas a crescerem sem danificar, hoje o comprimento que tenho, já são as minhas unhas naturais com a camada de acrílico por cima, como proteção. Um detalhe importante que vale comentar, é que para retirar o alongamento o melhor é fazer com a profissional, pois é bem difícil e se tentar “arrancar a força” é certeza que irá danificar as unhas naturais.


No meu caso virou paixão, não sei se vou conseguir voltar a ficar com as minhas unhas “normais” de novo, já que faço uma vez no mês a manutenção do alongamento e a esmaltação vou fazendo em casa mesmo durante o mês. Tenho que dizer que me sinto mais feliz com as unhas sempre bonitas e isso reflete também em todo o resto, me ajudou a achar motivação para retomar a vaidade diária e não deixar me perder da mulher que sempre fui e gosto de ser.
Minhas unhas após a última manutenção

2 comentários:

  1. Muito legal o post. Eu só conhecia as de gel, mas nunca usei. Sempre tive a sensação de que agrediam as unhas, mas pelo jeito eu estava totalmente equivocada! Adorei o post!!!!

    ResponderExcluir
  2. O melhor é ver com a profissional o que seria indicado... Mas eu estou apaixonada pelas minhas...
    Obrigada pelo carinho

    ResponderExcluir